Secretário de Educação de Londrina será escolhido por processo seletivo

4d2b3c71c540-1852

Conhecer a realidade da Rede Municipal de Ensino de Londrina é uma das características do profissional procurado (Foto: Prefeitura de Londrina/Núcleo de Comunicação)

Com a chamada “Procura-se talento para a Educação”, o processo que escolherá o secretário foi divulgado nesta quarta-feira

Radar da Educação com informações da Agência Brasil

Até dia 15 de novembro qualquer pessoa interessada e que atenda aos critérios iniciais de busca, pode se inscrever para concorrer ao cargo de novo secretário municipal de Educação de Londrina (PR) a partir de 1º de janeiro de 2017. Essa é a primeira vez que o comando de uma pasta da administração pública será escolhido por meio de um processo seletivo, diferentemente do que ocorre em todo o país, quando geralmente os cargos são ocupados por indicação política. Os candidatos serão analisados em diversas etapas para que até dezembro seja entregue ao prefeito eleito da cidade, Marcelo Belinati, uma lista dos melhores classificados com base na qual será definido o novo secretário.

Curta o Radar da Educação no Facebook

Siga o Radar da Educação no Twitter

O processo, que está nas mãos da organização não governamental Instituto Vetor Brasil, especializada em recrutamento e treinamento de profissionais na gestão pública, inclui, na primeira fase, a análise de currículo dos inscritos. Joice Toyota, diretora do instituto, explicou, durante o lançamento do edital nesta quarta-feira (26), na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, que ainda serão avaliados outros critérios como motivação e conhecimento que o candidato tem da situação da Rede Municipal de Educação.

Em busca do melhor

“Queremos escolher o melhor ou a melhor. Vamos começar as primeiras etapas de seleção para então realizar as entrevistas finais, a sabatina com membros da sociedade, e, depois, um teste de capacidade analítica. Vamos olhar recomendações profissionais e motivação pessoal”, disse. Os inscritos também serão sabatinados por representantes de universidades e do terceiro setor. Os nomes que forem aprovados por essas mesas serão ouvidos também pelo prefeito eleito da cidade. “Esse processo é inovador porque abre um leque de oportunidades para educadores de Londrina. Temos 29 instituições de ensino superior. Um dos diferenciais para a escolha será o conhecimento da nossa rede pública, nossos desafios e realidade. Isso oportuniza [a participação] para quem é um grande talento e nunca teve oportunidade, nunca nem foi ouvido”, avaliou Belinati. Ele acredita que a iniciativa vai tirar do discurso eleitoral a prática de promessas geralmente apresentadas para a área: “O principal é termos um secretário de Educação capacitado”. Belinati aposta que o processo seletivo pode ser ampliado para outras áreas e adotado por outras cidades do país.

Para saber mais, acesse: www.talentoparaaeducacao.org.br

Obrigado pelo seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s